Voltar às Manchetes                                                                                                   Clique na foto e veja a cidade de vários ângulos

 

 

URI – CAMPUS DE ERECHIM 

 

Universidade começa distribuição de leite enriquecido com ferro

 Equipe multidisciplinar diagnóstica e trata anemia de crianças carentes

Além dos exames laboratoriais, leite enriquecido com ferro é distribuído pela Universidade

A equipe do projeto ‘Aporte Dietético em Crianças com Anemia Ferropriva’ inaugurou nesta segunda-feira, dia 8 de março, a distribuição do leite enriquecido com ferro. Mais de 100 crianças carentes de Erechim serão beneficiadas com acompanhamento de médicos, nutricionistas, farmacêuticos, professores e acadêmicos da URI – Campus de Erechim.

A iniciativa começou a ser desenvolvida há mais de um ano na Creche da Sami (Sociedade de Amparo à Maternidade e Infância de Erechim), quando uma equipe de saúde reuniu-se para desmistificar os vilões que ameaçam o desenvolvimento infantil. Sangue e fezes das crianças foram submetidos aos exames e análises nos Laboratórios do Campus, visando ao diagnóstico das possíveis enfermidades.

Resultados apontaram um grande percentual deficitário de nutrientes necessários para a formação das crianças. A anemia, que muitas delas possuíam causa inúmeros prejuízos à saúde, atrapalha o crescimento e prejudica o aprendizado.

Com base naquele diagnóstico, apetitosos biscoitos foram preparados pela equipe da nutricionista Roseana Spinelli que, acrescentados à alimentação dos pequenos, suprem a carência de ferro, importante nutriente utilizado para fortalecer o organismo. O sulfato de ferro foi adicionado à massa numa proporção de 3g para cada 1Kg de farinha. Ao comer quatro biscoitos (cada um com 10g), a necessidade diária de ferro no organismo é suprida.

Os resultados foram imediatos e um mês depois as crianças já apresentavam maior concentração e energia para exercer suas atividades, especialmente na escola.

Apesar do sucesso do trabalho, a equipe continuou pesquisando e descobriu que se o nutriente fosse acrescentado ao leite, maior seria a capacidade de absorção deste pelo organismo. E foi aí que surgiu a idéia de preparar a nova receita e ampliar o projeto.

O processo de coleta e análise de sangue, para essas novas crianças, iniciou em dezembro do ano passado. Nesta sexta-feira, dia 5 de março, a equipe do Projeto reuniu-se mais uma vez para realizar os preparativos da distribuição do leite. O ferroquelato, doado pelo Laboratório Albion, será utilizado para melhorar os níveis de hemoglobina em crianças atendidas pelos núcleos sociais da Sami, Obra Santa Marta e Peti (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil).

O ferroquelato foi sintetizado em cápsulas de 30 miligramas num trabalho conjunto com a Farmácia e o Laboratório Universitários do Campus. Para cada litro de leite, uma cápsula é dissolvida. Cada criança recebe meio litro de leite enriquecido com ferro por dia, cinco dias por semana, suprindo suas necessidades diárias. O tratamento terá duração de três meses, quando passará por nova avaliação. As mães das crianças também serão chamadas para participar do tratamento. Dia 20 de março elas reunir-se-ão para ouvir explicações sobre o procedimento para que possam entender e contribuir com o bem-estar de suas crianças.

 Equipe do Projeto: agora é a vez do ferroquelato

 

Foto: Fábio Taira

 

 

 

 

 

Crianças do Bairro Progresso em Erechim já estão tomando o leite enriquecido com ferro, um grande aliado no combate à anemia infantil

 

Foto: Cáscia Berticelli

 

 

 

08.03.2004

_______________________________ 
Fonte: Cáscia Berticelli
 Assessoria de Comunicação e Eventos da URI - Campus de Erechim

 

 

 

Design by Meirelles & Piccoli Publicidade - Fone (54) 321-6226


Copyright© 2004 - Meirelles & Piccoli Corp.
Todos os direitos reservados (All Rights Reserved)