Para anunciar neste espaço, clique aqui!

Erechim/RS -

 

 

Clique na foto e veja a cidade de vários ângulos

Voltar às Manchetes    

Rural


Milho - Gerente do setor primário da Cotrel não acredita em desabastecimento

Atuando em quase 30 municípios do Alto Uruguai, e tendo na produção de aves e suínos dois de seus setores mais importantes, a Cotrel necessita de aproximadamente 12 mil toneladas de milho a cada mês para produzir a reação que mantém o plantel de 5,5 milhões de frangos e 230 mil suínos. 

A Cotrel produz cerca de 20 mil toneladas de ração por mês, e o milho representa 60% desse total. Em situação de clima normal a região é autosuficiente na produção de milho, principal ingrediente da ração, por isso, a princípio as grandes perdas nas lavouras, que em alguns casos chegam a 100%, preocupam. 

Porém, conforme o gerente do setor primário da cooperativa, Lauri Pavan, o desabastecimento de milho não deve ser um problema enfrentado pela região. “Mesmo que a região não consiga ser auto-suficiente neste ano, a estiagem é bastante localizada, e trazer milho de outras regiões não deve ser problema, já que o preço deve subir um pouco, o que já estava previsto”, comenta Conforme Pavan, a grande preocupação é mesmo com relação aos agricultores que investiram na lavoura de milho e não terão retorno. “Quanto ao desabastecimento, essa não é nossa preocupação, pois temos estoques e aqueles produtores que normalmente produzem milho para consumo na propriedade não buscaram comprar o produto fora, o que talvez possa ocorrer daqui a alguns meses”, explica.

20.01.2005

_______________________________ 

(Fonte: Jornal Diário da Manhã )

 

 

 

Design by Meirelles & Piccoli Publicidade - Fone (54) 321-6226


Copyright© 2005 - Meirelles & Piccoli Corp.
Todos os direitos reservados (All Rights Reserved)