Para anunciar neste espaço, clique aqui!

Erechim/RS -

 

 

Clique na foto e veja a cidade de vários ângulos

Voltar às Manchetes    

Economia


Comércio de Erechim pode enfrentar greve em dezembro

O Sindicato dos Comerciários realiza assembléia amanhã, quarta-feira para discutir os encaminhamentos na negociação da campanha salarial 2004/2005, diante da proposta de reajuste anunciada pelo Sindilojas, de 5,72%. O Sindicomerciários quer 10% de reajuste sobre o piso e os demais salários e ameaça não cumprir o horário especial do comércio, previsto para dezembro, caso a proposta não seja aceita. 

Pelo acordo o comércio deveria funcionar nos seguintes horários: das 8 às 17h30 min nos sábados dias 04,11 e 18 de dezembro; das 8 às 21h30 min dos dias 15 a 23 de dezembro; das 17h às 21 h do domingo, dia 19; e das 8 às 17h30min na véspera do Natal. 

Além do reajuste de 10% o Sindicomerciários quer o pagamento integral das horas extras e o fim do banco de horas, 3% de adicional por tempo de serviço, para cada três anos de trabalho na mesma empresa para os comerciários que ganham até R$ 500,00 e a atualização pela inflação do período, para o cálculo da média das comissões para 13º, férias, auxílio doença, salário maternidade e rescisões contratuais, para o caso dos comissionados. 

O presidente do Sindicomerciários afirma que a greve está sendo proposta por causa das dificuldades de negociação com o Sindilojas. “É preciso garantir o poder de compra dos comerciários”, afirma o presidente da entidade Vilmar Kwoll. Argumenta que a água, luz, telefone, supermercado, farmácia, roupas e calçados, eletrodomésticos, material escolar, transporte coletivo, entre outros, tiveram aumentos acima da inflação medida pelo INPC.

 Kwoll lembra que os bancários fizeram greve de 30 dias para obter 8,5% de reajuste. “Portanto nossa proposta não é nenhum absurdo e sim o que os patrões podem conceder”, afirma, baseado em dados que segundo ele apontam que o crescimento nas vendas no último ano foi próximo de 10%. “A inflação do ano passado foi muito maior do que 5,8% e nenhuma empresa quebrou por causa disto. Não irá quebrar agora, com os 10% reivindicados por nós”, finaliza. 

A assembléia será na sede do Sindicomerciários, com início previsto para as 19h15min.

30.11.2004

_______________________________ 

(Fonte: Jornal Diário da Manhã )
 

 

 

Design by Meirelles & Piccoli Publicidade - Fone (54) 321-6226


Copyright© 2004 - Meirelles & Piccoli Corp.
Todos os direitos reservados (All Rights Reserved)