Para anunciar nesta página, clique aqui!

 

 

Voltar às Manchetes                                                                                                  

 Clique na foto e veja a cidade de vários ângulos


Trânsito

Erechim chora a morte de suas crianças

Uma tragédia sem precedentes em Erechim e no estado acabou tirando a vida de 16 estudantes e uma servidora de escola, no início da manhã desta quarta-feira, em acidente de trânsito acontecido numa estrada estreita e secundária que corta a barragem da Corsan, no interior do município, a cerca de 8 km da cidade. 

Os corpos estão sendo velados coletivamente no KM 7 (três deles) e no KM 10 (os outros 14) e serão sepultados nos cemitérios daquelas comunidades, na manhã desta quinta-feira. 

No local, o ônibus placas IAT-3770 que realiza o transporte de estudantes das localidades de KM 7 Povoado Dourado e KM 10 Povoado Argenta, para escolas estaduais da cidade, acabou tombando para dentro da barragem logo depois de ter cruzado uma pequena ponte. 

Dos 32 ocupantes, 17 morreram e 15 conseguiram se salvar ou foram retirados da água por populares que chegaram ao local imediatamente após o acidente e outros dois por um dos estudantes, Lucas Vezzaro, que depois acabou mergulhando e não voltando à tona com vida. 

Logo após o acidente, pessoas que estavam próximas correram ao local e, com auxílio de uma das vítimas, conseguiram retirar da água o motorista, Juliano Moisés dos Santos, de 25 anos, e mais nove jovens, logo levados aos hospitais da cidade pelo Corpo de Bombeiros. 

Outros quatro já foram retirados da água sem vida, naquele momento. 

As demais vítimas acabaram sendo resgatadas pelos Bombeiros, com uso de garatéia, a maioria ainda pela manhã e o último corpo por volta das 13 horas, pelos mergulhadores. 

Logo depois da confirmação da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, sobre o total de pessoas que estavam no ônibus, o Corpo de Bombeiros de Erechim e de Passo Fundo, a Brigada Militar, a Defesa Civil Regional de PF e a Comissão Municipal de Defesa Civil encerraram as buscas por volta das 13h40min. 

Essas tiveram o apoio decisivo da Intecnial e da RGE, que forneceram guindastes para retirar o veículo da água pois naquele local a profundidade varia entre 5 e 18 metros. 

As buscas foram mantidas até a confirmação pela família de uma adolescente, Camila dos Santos, de 15 anos, de que esta não teria embarcado no ônibus e por volta das 13h30min foi localizada. Como havia perdido a hora do transporte escolar, foi de carona e também salvou-se da tragédia.

Vítimas fatais 

Conforme relação divulgada em relatório conjunto dos órgãos de segurança que atenderam a ocorrência, os mortos são:

Márcio Miguel Dubhil, Adriane Andréia dos Santos, Lucas Vezzaro, Patrícia Maria Gevinski, Tania Fátima Dambrós, Fernanda Paula Bortolli, Cristian Diego Modzinski, Daniela Paula Smolinski, Rubens Gelinski, Julio Antonio Pertille, Iago Eleotério Franceski, Gleidis Sobis, Bruna Sandra Guareski, Elisangela Guareski, Léia Terezinha Bandeira Trindade, Tatiana Fátima Pertille e Tainara Roberta Pereira dos Santos. 

Sobreviventes 

Os 15 sobreviventes foram os irmãos Elias, Mateus e Marcelo Capra, Juliano Antunes dos Santos, Juliano Moisés dos Santos (motorista), Cristofer Felipe Variani, Maiara Moro, Kelli Paula Zanella, Marcia Bay, Willian Trindade, Gisele Moreto, Rafael Luiz Zanella, Giovani Alexandre Gevinski, Geison Roberto Pereira da Silva e Pamela Tereza Badalotti.

23.09.2004

_______________________________ 

(Fonte: Jornal Diário da Manhã )
 

 

 

Design by Meirelles & Piccoli Publicidade - Fone (54) 321-6226


Copyright© 2004 - Meirelles & Piccoli Corp.
Todos os direitos reservados (All Rights Reserved)