Para anunciar neste espaço, clique aqui!

Erechim/RS -

 

 

Clique na foto e veja a cidade de vários ângulos

Voltar às Manchetes    

Administração Municipal

 

 

Cinema


Bárbara Paz estará em Erechim na próxima quarta-feira

Bárbara Paz vem a Erechim lançar oficialmente o projeto do filme “ A Verdadeira História do Come Gente”, longa-metragem que será rodado em fevereiro de 2005, onde ela faz o papel de Sabina, protagonista da trama.

Realiza-se no dia 1º de Dezembro, às 20h30min, na Cantina Família Giacomel, o lançamento oficial do projeto cinematográfico de longa-metragem “ A VERDADEIRA HISTÓRIA DO COME GENTE”.

O filme será dirigido por Osnei de Lima e estrelado por Bárbara Paz.

A atriz gaúcha, que ficou conhecida nacionalmente por meio de sua participação na Casa dos Artistas, e da novela Marisol, no SBT TV, estará em Erechim na noite de terça-feira, dia 30. Ela deverá se hospedar no Paiol Grande Hotel e ficará na cidade até quinta-feira à tarde e, posteriormente, retornará a São Paulo.

O filme, que deverá ter duração aproximada de 70 minutos, será produzido por Geraldo Bartnicki, Osnei de Lima e pela CINEMÍDIA - Cinema e Propaganda, com patrocínio Oficial da Prefeitura Municipal de Erechim; UPF – Universidade de Passo Fundo e Lojas Lorenci.

A empresa produtora, que está comercializando as quotas de patrocínio, anunciou que todo o projeto será apresentado na quarta-feira, durante o evento, que deverá contar com cento e vinte convidados entre imprensa, autoridades, empresários e convidados especiais. 

Após a apresentação haverá uma Coletiva para a Imprensa e, posteriormente, serão servidos salgadinhos e bebidas aos presentes.

A Verdadeira História do Come Gente

O “Come-gente”, como ficou conhecido Ignácio Irwaczinski Vel Franczak, era polonês. Chegou ao Brasil no fim da década de 20 e foi trabalhar e morar na propriedade de outro polonês. 

Ele se apaixonou pela filha do patrão, mas o amor não foi correspondido e nem aceito pela família da moça. “Isso deixou, de certa forma, Ignácio arrasado, sem nenhuma auto-estima e essas motivações fizeram com que ele praticasse então este crime sem precedentes no sul do Brasil. 

O crime aconteceu em 17 de fevereiro de 1930. Ignácio matou, esquartejou, assou e comeu as partes do corpo do patrão. Dias depois, o “Come-gente” foi capturado. Mandado a Porto Alegre, pulou de um trem em movimento, quando estava sendo levado para a penitenciária. 

Se fez outras vítimas depois disso, é um mistério.


29.11.2004

___________________________________ 
(Fonte: Assessoria de Imprensa - Prefeitura)
 

 

 

Design by Meirelles & Piccoli Publicidade - Fone (54) 321-6226


Copyright© 2004 - Meirelles & Piccoli Corp.
Todos os direitos reservados (All Rights Reserved)