Para anunciar neste espaço, clique aqui!

Erechim/RS -

 

 

Clique na foto e veja a cidade de vários ângulos

Voltar às Manchetes    

Legislativo Municipal

 

Delegacia da Mulher


Carlinda mantém audiência com Zanella para implantação em Erechim

Implantação do Posto de Atendimento à Mulher, Criança e Adolescente, Vítimas de Violência. Esta foi a pauta da audiência que a vereadora Carlinda Poletto Farina manteve na tarde de quinta-feira com o prefeito Eloi Zanella em seu gabinete.

Na oportunidade, Carlinda lembrou o prefeito Zanella da importância do Posto em Erechim, este que seria uma espécie de porto seguro às mulheres, crianças e adolescentes que sofrem maus tratos, seja na família e na sociedade.

Este assunto foi levado recentemente, juntamente com o deputado Estadual Iradir Pietroski, ao Secretário Substituto da Justiça e Segurança do Rio Grande do Sul, Fábio Medina Osório, para solicitar novas políticas públicas para uma ação multidisciplinar com o funcionamento de um posto especializado com atendimento de psicólogos, assistentes sociais e jurídicas, visando romper com o ciclo reprodutor da violência e impunidade.

Como o prefeito Eloi Zanella já havia se pronunciado anteriormente sobre o assunto através de ofício ao Secretário de Segurança do RS, pedindo um estudo sobre a possibilidade de sua implantação em conjunto com a prefeitura municipal de Erechim - visando implantar uma rede de serviços ao atendimento com programas de ações voltadas à prevenção e ao combate à violência no acompanhamento às famílias vitimadas - a vereadora Carlinda buscou junto ao Executivo a parceria para que a mesma se torne realidade.

Na oportunidade, Zanella deu a garantia de que ainda em 2004 estará fazendo contatos com a Secretaria da Justiça da Segurança do Estado, a fim de que para o próximo ano, a partir de janeiro, o assunto entre em pauta dentro das ações da administração municipal, onde haverá um estudo para, em conjunto entre município e Estado, se busque uma solução e meios para a implantação do posto em Erechim.

"Somente através destas políticas públicas é que o drama vivido pelas famílias que sofrem violência em casa e na sociedade, é que teremos um acompanhamento de assistência em todos os níveis para uma convivência normal junto a sociedade e a família", destaca Carlinda.

Hoje, 70% da violência vivida na sociedade moderna é de origem doméstica, ou seja, no seio da família, seja contra às mulheres ou às crianças, maiores vítimas por serem indefesas e que hoje não estão tendo o aporte do setor público que, com a implantação do posto, terão uma maior segurança quanto a impunidade.

"Há muita expectativa para que esta reivindicação de muitos anos seja uma realidade que poderá se concretizar com a vontade política entre o prefeito Eloi Zanella e o Governo do Estado", finaliza Carlinda.

 

26.11.2004

___________________________________ 
(Fonte: Assessoria Legislativo)
 

 

 

Design by Meirelles & Piccoli Publicidade - Fone (54) 321-6226


Copyright© 2004 - Meirelles & Piccoli Corp.
Todos os direitos reservados (All Rights Reserved)