Para anunciar nesta página, clique aqui!

 

Voltar às Manchetes                                                                                                  

 

 

 Clique na foto e veja a cidade de vários ângulos

Saúde

 

Paulo Fernandes fala sobre Vertigens na Unimed

Palestra foi realizada no Espaço Vida

O otorrinolaringologista, Paulo Dias Fernandes, foi o palestrante do último dia 28 de outubro, no Espaço Vida Unimed Erechim, dentro do Ciclo de Palestras voltado à comunidade. O tema da tarde foi Vertigens, assunto amplamente dominado pelo médico erechinense, que tem, inclusive, um livro publicado com o título "Vertigens Para o Médico Clínico", tendo como co-autora sua filha, a também, otorrinolaringologista Lis Fernandes.

Segundo o Dr. Paulo, a vertigem é uma sensação desagradável de tontura, que dá à pessoa a impressão de perda de equilíbrio e que sua cabeça está em contínuo movimento, quando na verdade se acha parada. Geralmente a vertigem está relacionada com algum problema no ouvido. 

A tontura pode vir acompanhada de náuseas, surdez e pode ser provocada pelos seguintes motivos: traumatismo na cabeça, labirintite e síndrome de Ménière, dois problemas na parte interna do ouvido que prejudicam a audição e o equilíbrio, pressão alta, obstrução dos vasos sanguíneos que conduzem ao cérebro, enjôo de viagem, hiperventilação - quando a pessoa respira muito rapidamente, em geral devido à dor, ansiedade ou súbita mudança de estado de espírito. 

As origens das tonturas também podem ser por problemas de lentes oculares, psicogênicas (vertigens das alturas, fobias, disritmias).

Conforme explicou, a vertigem não é uma doença, mas sim um sintoma de outras doenças. Um dos pontos fortes abordados pelo Dr. Paulo foi o problema da vertigem no idoso, que na sua avaliação é um problema sério, especialmente pelas limitações das atividades que acarreta, além do desconforto e da ansiedade. Estes sintomas aparecem na dificuldade de equilíbrio, como, por exemplo, subir uma escada. Segundo o médico, 50% dos homens com mais de 65 anos e 50% das mulheres com mais de 62 anos apresentam problemas de vertigem. 

Outras causas dos distúrbios vestibulares no idoso são as psicológicas como o sentimento de perda, incapacidade, solidão e angústia.

Entre as causas das doenças do labirinto, comentou que estão doenças pré-existentes, como diabetes, hipertensão, reumatismos; uso de drogas que chamamos ototóxicas, como alguns antibióticos e antiinflamatórios que alteram as funções do ouvido; tumores (do ouvido ou cranianos); infecções por vírus ou bactérias; alteração do metabolismo orgânico; doenças próprias do ouvido; hábitos, como excesso da cafeína, tabagismo, álcool ou drogas; aterosclerose; traumas sonoros; problemas da coluna cervical e articulação da mandíbula; estresse e problemas psicológicos; traumatismos cranianos.

A próxima palestra será no dia 11 de novembro com o tema Malefícios do Fumo.

O médico Paulo Fernandes falou para uma atenta platéia que lotou o Espaço Vida Unimed Erechim

05.11.04

_______________________________ 

(Fonte: CopyDesk - Assessoria de Comunicação)

 

Voltar às Manchetes

 

 

Design by Meirelles & Piccoli Publicidade - Fone (54) 321-6226


Copyright© 2004 - Meirelles & Piccoli Corp.
Todos os direitos reservados (All Rights Reserved)